Blog
Data Intelligence

7 ferramentas para criar dashboards para medir os resultados do seu marketing

Os dashboards garantem uma visão clara e organizada das métricas de marketing, facilitando a compreensão dos resultados e tomada de decisões baseadas em dados
7 ferramentas para criar dashboards para medir os resultados do seu marketing

Os dashboards garantem uma visão clara e organizada das métricas de marketing, o que facilita a compreensão dos resultados e a tomada de decisões baseadas em dados. 

Joel Grus, pesquisador e autor do livro “Data Science do Zero”, explica que a ciência de dados é um campo interdisciplinar dedicado à coleta, análise e interpretação de grandes volumes de dados. Ainda de acordo com o especialista, para que todas as informações sejam visualizadas de forma organizada, é imprescindível contar com bons dashboards. (1)

Este conteúdo explorará como os dashboards podem transformar a maneira como organizamos e interpretamos informações, tornando os processos mais eficientes e orientados por dados. 

Apresentaremos 7 ferramentas indispensáveis para criar dashboards eficazes que podem ajudar a medir os resultados do seu marketing. Mostraremos peculiaridades e vantagens, garantindo que você encontre a melhor opção para as suas necessidades específicas. Vamos lá?

O que é um dashboard?

Um dashboard é uma ferramenta de visualização de dados que consolida e apresenta informações e métricas importantes de forma clara e acessível, geralmente em tempo real. 

Funcionando como um painel de controle, ele permite aos usuários visualizar padrões, tendências e insights críticos por meio de gráficos, tabelas e indicadores. 

Os dashboards são customizáveis e podem ser ajustados para atender a necessidades específicas de diferentes usuários ou equipes, facilitando a tomada de decisão baseada em dados.

Eles são amplamente utilizados em diversas áreas, como marketing, finanças, vendas e operações, para monitorar o desempenho de processos, campanhas e estratégias empresariais. 

Por exemplo, um dashboard de marketing pode exibir métricas-chave como conversões, tráfego do site e engajamento nas redes sociais. Ao mesmo passo, um dashboard financeiro pode focar em receitas, despesas e lucratividade.

O principal benefício de um dashboard é a sua capacidade de proporcionar uma visão rápida e atualizada do estado de diferentes aspectos de uma organização ou projeto, permitindo uma resposta rápida a mudanças e oportunidades. 

Ao consolidar dados de múltiplas fontes em uma única interface, os dashboards simplificam a análise complexa de dados e tornam as informações acessíveis a todos na organização.

Quais são os objetivos de um dashboard?

Agora que você já sabe mais sobre o conceito de dashboard, fica fácil entender quais são os objetivos da ferramenta, não é mesmo?

Basicamente, os objetivos de um dashboard centram-se em facilitar o entendimento e a gestão eficaz de informações a partir da visualização de dados. 

Entre outros objetivos, os dashboards servem para:

  • Consolidar dados: reunir informações de várias fontes em uma única plataforma, permitindo uma visão holística dos dados;
  • Melhorar a tomada de decisão: fornecer insights rápidos e baseados em dados para auxiliar na tomada de decisões estratégicas e operacionais;
  • Monitorar o desempenho: permitir o acompanhamento contínuo de métricas e KPIs essenciais para avaliar o sucesso de processos, campanhas ou projetos;
  • Identificar tendências: facilitar a identificação de padrões e tendências nos dados, possibilitando prever cenários futuros e ajustar estratégias conforme necessário;
  • Aumentar a eficiência: simplificar a análise de grandes volumes de dados, economizando tempo e recursos ao apresentar informações de maneira clara e acessível;
  • Promover transparência: compartilhar informações relevantes com diferentes stakeholders, promovendo alinhamento e transparência dentro da organização.

Em suma, os dashboards são ferramentas poderosas para otimizar processos, melhorar a eficiência operacional, e reforçar a cultura de dados dentro de uma organização. 

Além disso, eles possibilitam que todos os níveis hierárquicos compreendam e atuem sobre os dados de maneira eficaz.

Tipos de dashboards

É interessante que você saiba que os dashboards podem ser classificados em três tipos principais: Operacional, Tático e Estratégico. 

Essa classificação ajuda a garantir que os dados certos sejam apresentados ao público certo, no momento certo, para facilitar a tomada de decisões eficazes.

Vamos entender mais sobre cada um deles? Prossiga com a gente!

Dashboard operacional

Os dashboards operacionais são projetados para monitorar as operações diárias de uma organização. 

Eles fornecem uma visão em tempo real do desempenho operacional, ajudando os gestores e a equipe operacional a identificar e resolver problemas rapidamente. 

Esse tipo de dashboard foca em métricas e KPIs de curto prazo, como tempos de resposta, eficiência de produção, acompanhamento de tarefas e níveis de estoque.

O objetivo principal é manter a eficiência operacional e a qualidade do serviço ou produto, garantindo que tudo esteja funcionando conforme o planejado. 

Dashboards operacionais são essenciais em ambientes que requerem resposta rápida a questões em tempo real, como centros de atendimento ao cliente, fábricas e operações de logística.

Dashboard tático

Dashboards táticos, por sua vez, destinam-se ao monitoramento do desempenho em relação aos objetivos de médio prazo de uma organização. 

Eles ajudam os gestores a entender se as estratégias implementadas estão produzindo os resultados esperados. 

Esse tipo de dashboard concentra-se em comparações de desempenho, análises de tendências e avaliação de progresso em relação a metas específicas.

Tais dashboards são atualizados em intervalos regulares - semanalmente, mensalmente ou trimestralmente - e fornecem insights que permitem aos gestores fazer ajustes táticos nas estratégias para melhorar os resultados. 

Eles são particularmente úteis para equipes de vendas, marketing, recursos humanos e finanças, que necessitam avaliar o impacto de suas ações e planejar os próximos passos.

Dashboard estratégico

Finalmente, os dashboards estratégicos são utilizados para alinhar as iniciativas de longo prazo com a visão e os objetivos gerais da organização. 

Eles oferecem uma visão de alto nível do desempenho da empresa, focando em métricas que indicam o sucesso geral da organização. 

Esse tipo de dashboard é essencial para a alta administração, pois fornece insights sobre a eficácia das estratégias adotadas e sobre como elas contribuem para o cumprimento dos objetivos estratégicos.

Os dashboards estratégicos são atualizados com menos frequência - geralmente de forma trimestral ou anual - e incluem indicadores como participação de mercado, retorno sobre investimento (ROI), crescimento de receita e satisfação do cliente. 

Eles permitem que executivos e tomadores de decisão visualizem tendências de longo prazo, avaliem o progresso em direção a metas estratégicas e ajustem a direção da organização conforme necessário.

Banner para a landing page para download do ebook de estrategias data driven

Como fazer um dashboard?

Para que você saiba como fazer um dashboard eficiente para a sua empresa, com foco especialmente no marketing, elaboramos um passo a passo. Veja:

Passo 1: identificar metas

Comece definindo o que você deseja alcançar com o seu dashboard. 

Isso pode variar desde o aumento da conscientização da marca até a geração de leads ou vendas.

Passo 2: selecionar KPIs relevantes

Escolha indicadores-chave de desempenho que reflitam seus objetivos e metas de marketing. 

Exemplos incluem taxa de conversão, custo por aquisição e retorno sobre o investimento (ROI).

Passo 3: identificar fontes de dados:

Determine de onde seus dados virão, como Google Analytics, CRM, plataformas de mídia social, etc.

Ao realizar esse processo, garanta que todas as fontes de dados da sua empresa são compatíveis com os preceitos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Passo 4: escolher a ferramenta de dashboard

Escolha uma ferramenta de dashboard que melhor se adapte às suas necessidades, como Tableau, Google Data Studio ou Microsoft Power BI.

A ferramenta deve ser acessível para os usuários finais, permitindo personalizações e atualizações fáceis.

Mais adiante, apresentaremos a você as 7 melhores opções de ferramentas para desenvolver um dashboard.

Passo 5: organize o design e o layout

Crie um layout que organize os dados de maneira lógica, começando com as métricas mais importantes no topo ou no centro.

Use gráficos, tabelas e indicadores que melhor representem seus dados, facilitando a interpretação das métricas.

Passo 6: configurar e personalizar

Configure os widgets ou componentes do dashboard para exibir seus KPIs. Personalize com base nas preferências do usuário e nos objetivos do dashboard.

Também verifique se todas as integrações de dados estão funcionando corretamente e ajuste as visualizações conforme necessário para clareza e eficácia.

Passo 7: estabelecer rotinas de revisão

Determine uma programação regular para revisar o dashboard, atualizando-o com novos dados e insights.

Monitore o desempenho das suas campanhas de marketing por meio do dashboard, identificando tendências, sucessos e áreas de melhoria.

Use os insights obtidos para iterar e otimizar suas estratégias de marketing continuamente.

Lembre-se: criar um dashboard de marketing eficaz não é apenas sobre a tecnologia ou os dados; é também sobre garantir que ele esteja alinhado com seus objetivos de negócios e que possa adaptar-se às mudanças nas estratégias e no ambiente de mercado

Ao seguir esses passos, você pode construir uma ferramenta poderosa que serve como bússola para as suas iniciativas de marketing.

Como fazer dashboard no Excel?

Por ser um software de uso comum e já um velho conhecido do meio empresarial, é comum que se busque saber como fazer um dashboard do Excel. Isso é possível, mas há ressalvas!

Criar um dashboard no Excel é um processo acessível que envolve planejamento, coleta e preparação de dados, utilização de tabelas dinâmicas, e a aplicação de gráficos para visualizar informações. 

Inicia-se definindo os objetivos e KPIs, seguido pela importação e organização dos dados. Também utiliza-se tabelas dinâmicas para resumir os dados, que são então transformados em gráficos para uma representação visual eficaz. 

O design e o layout são importantes para a clareza e eficiência do dashboard, com a adição de interatividade a partir de segmentações de dados e controles de formulário para uma análise mais profunda. Após a montagem, é importante testar e ajustar o dashboard com base no feedback.

Apesar do Excel ser uma ferramenta familiar e versátil para a criação de dashboards, é importante notar que existem ferramentas mais especializadas como Tableau, Power BI, e Google Data Studio. 

Essas plataformas oferecem funcionalidades avançadas, maior capacidade de manipulação de dados e facilitam a colaboração e o compartilhamento de informações. Sem dúvida, são opções mais eficientes para necessidades complexas e ambientes dinâmicos de negócios.

Conheça as 7 melhores ferramentas para criar dashboards online

Como vimos, a criação de dashboards é essencial para visualizar dados complexos de maneira intuitiva, ajudando na tomada de decisões informadas. 

Diversas ferramentas estão disponíveis no mercado, cada uma com suas peculiaridades, vantagens e contextos de uso recomendados. As sete que mais se destacam são:

1. Tableau

O Tableau é amplamente reconhecido por sua poderosa capacidade de visualização de dados e facilidade de uso. 

Permite aos usuários criar dashboards interativos e visualizações complexas de dados sem necessidade de programação avançada.

Conta com interface intuitiva que suporta arrastar e soltar, facilitando a análise para usuários de todos os níveis técnicos. 

Além disso, o Tableau pode se conectar a uma vasta gama de fontes de dados, incluindo dados em tempo real e na nuvem, tornando-o uma opção versátil para organizações de qualquer tamanho.

2. Power BI

O Power BI, da Microsoft, é uma ferramenta de análise de negócios que oferece robustas funcionalidades de visualização e relatórios. 

É particularmente forte na integração com outros produtos Microsoft, como Excel e Azure, facilitando a adoção por organizações que já utilizam soluções da marca.

O Power BI destaca-se ainda por sua capacidade de manipular grandes volumes de dados, extensas opções de personalização e uma comunidade ativa que contribui com uma grande variedade de templates e tutoriais.

3. Google Data Studio

O Google Data Studio ou Google Looker Studio, como passou a se chamar recentemente,  transforma os seus dados em relatórios e dashboards informativos e fáceis de ler. 

A integração direta com outras ferramentas do Google, como Google Analytics, Google Ads e BigQuery, torna-o particularmente útil para marketing digital e análise de websites. 

É uma ferramenta que permite aos usuários criar relatórios personalizados e dashboards com facilidade, promovendo a colaboração e compartilhamento eficientes.

4. Scoro

Scoro é uma ferramenta abrangente de gestão empresarial que permite a criação de dashboards personalizados para monitorar as principais métricas de negócio. 

O programa oferece flexibilidade para gerar múltiplos painéis com informações variadas, servindo a diversas áreas como marketing, finanças, vendas e previsões. 

Além da visualização de dados, o Scoro ajuda no gerenciamento de tarefas e na elaboração de relatórios detalhados. Isso facilita o acompanhamento do progresso e a tomada de decisões informadas. 

5. Cyfe

Cyfe é uma ferramenta de dashboard de negócios tudo-em-um que permite aos usuários monitorar e visualizar dados de todas as suas atividades online em um único painel. 

Oferece widgets pré-configurados para uma ampla variedade de serviços, incluindo marketing, vendas, suporte, infraestrutura de TI e muito mais. 

O Cyfe destaca-se pela sua simplicidade e pela capacidade de agregar dados de múltiplas fontes, tornando-o ideal para pequenas e médias empresas.

6. Databox

Databox é uma ferramenta de dashboard e análise que se concentra na entrega de insights de negócios por meio de dispositivos móveis e desktop. 

Ela permite que os usuários conectem-se rapidamente a fontes de dados comuns e visualizem métricas importantes por meio de uma interface limpa e personalizável. 

O Databox é particularmente apreciado por suas capacidades de alerta e objetivo, permitindo aos usuários definir metas e receber notificações em tempo real sobre seu progresso.

7. Grafana

Finalmente, temo a Grafana, uma plataforma de análise e visualização de código aberto, que é amplamente utilizada para monitorar infraestruturas de TI e analisar métricas. 

Suporta uma vasta gama de fontes de dados, incluindo Prometheus, MySQL, PostgreSQL, e Elasticsearch. 

Trata-se de uma solução altamente personalizável, oferecendo recursos avançados de visualização, como gráficos, tabelas, e mapas de calor.

Essas sete são somente algumas das plataformas de dashboard. Há várias outras disponíveis no mercado e a escolha da ferramenta certa dependerá dos objetivos específicos, dos tipos de dados a serem analisados e do contexto operacional da organização ou projeto.

Como escolher uma ferramenta para criar dashboards?

A escolha da ferramenta certa para criar dashboards deve ser uma decisão informada, baseada em uma avaliação cuidadosa de suas necessidades específicas, recursos da solução, e potencial impacto no seu processo de tomada de decisões. 

Considerar esses fatores ajudará a garantir que você selecione uma ferramenta que não apenas atenda às suas necessidades atuais, mas que também possa crescer e evoluir com sua organização. 

Para que você faça uma escolha consciente, orientamos que preste atenção em alguns pontos. São eles:

Integração com fontes de dados

A ferramenta deve ser capaz de se integrar facilmente com as fontes de dados que você pretende utilizar. 

Isso inclui bancos de dados, planilhas, aplicativos de software como serviço (SaaS) e outras ferramentas de dados. 

Uma integração suave economiza tempo e esforço na coleta e preparação de dados.

Facilidade de uso

Considere a curva de aprendizado da ferramenta. Ela deve ser intuitiva o suficiente para que membros da equipe com diferentes níveis de habilidade técnica possam criar e interpretar dashboards.

Não é recomendável depender constantemente do suporte de TI ou de analistas de dados.

Capacidades de visualização

Avalie a qualidade e a variedade das visualizações disponíveis. Uma boa ferramenta de dashboard deve oferecer uma ampla gama de opções de gráficos, tabelas e indicadores para representar seus dados de maneira eficaz. 

Visualizações personalizáveis são essenciais para adaptar os dashboards às necessidades específicas de sua organização.

Personalização e flexibilidade

A capacidade de personalizar dashboards é essencial para atender às necessidades específicas do seu negócio. 

Isso inclui a personalização de layouts, cores, fontes e a inclusão de elementos interativos, como filtros e seletores. 

A ferramenta deve permitir a criação de dashboards que se alinhem com a identidade visual da sua empresa e que possam ser facilmente ajustados conforme as necessidades evoluem.

Desempenho e escalabilidade

Considere o desempenho da ferramenta ao lidar com grandes volumes de dados e sua capacidade de escalar conforme sua organização cresce. 

Isso é especialmente importante para empresas que esperam um aumento significativo na quantidade de dados coletados ou que já operam com grandes conjuntos de dados.

Colaboração e compartilhamento

A ferramenta deve facilitar a colaboração entre os membros da equipe e o compartilhamento de dashboards, tanto internamente quanto com partes externas, se necessário. 

Recursos como controle de acesso, comentários e anotações podem melhorar a comunicação e a eficiência da equipe.

Preço e ROI

Avalie o custo da ferramenta em relação ao orçamento disponível e considere o ROI que ela pode trazer. 

Algumas ferramentas oferecem versões gratuitas com funcionalidades limitadas, enquanto outras podem exigir uma assinatura paga para acessar recursos mais avançados. 

Considere o valor que a ferramenta agregará ao seu processo de tomada de decisões.

Suporte e comunidade

Verifique o nível de suporte oferecido pelo fornecedor e a presença de uma comunidade ativa de usuários. 

Uma comunidade forte pode ser uma fonte valiosa de tutoriais, dicas e soluções para problemas comuns.

Dashboard personalizado: Adtail oferece ferramenta exclusiva para clientes, o OneMap

Os clientes da Adtail desfrutam de uma plataforma exclusiva, desenhada para oferecer uma experiência de acompanhamento de resultados em tempo real totalmente personalizada. Trata-se do OneMap.

Essa ferramenta única consolida diversas funcionalidades em um só lugar, permitindo aos usuários visualizar métricas essenciais de desempenho de campanhas, análises financeiras, progresso de vendas, entre outros indicadores críticos para o negócio. 

A integração de várias ferramentas numa única plataforma simplifica o processo de gestão e otimização de estratégias de marketing, proporcionando aos clientes da Adtail um controle sem precedentes sobre seus dados e resultados, facilitando decisões rápidas e informadas.

Data Intelligence e melhoria de resultados

A área de Data Intelligence da Adtail representa a vanguarda na transformação de dados em insights estratégicos, capacitando empresas a tomar decisões mais inteligentes e impulsionar o crescimento. 

Esse serviço se destaca por uma abordagem centrada no cliente e uma profunda expertise técnica, assegurando resultados concretos e aprimoramento contínuo das estratégias de negócios.

Entre os principais diferenciais que a Adtail oferece, destacam-se os seguintes:

  • Integração contínua com plataformas de mídia: acessos contínuos e confiáveis a dados essenciais, graças à integração eficiente com plataformas de mídia;
  • Equipe de especialistas: uma equipe altamente qualificada de cientistas e engenheiros de dados dedicados à transformação de dados brutos em insights acionáveis;
  • Abordagem personalizada: serviços customizados para atender às necessidades únicas de cada cliente, com análises e relatórios adaptados para informar decisões estratégicas precisas.

A Adtail empodera empresas a maximizar o potencial de seus dados com seu serviço de Data Intelligence, transformando informações em ações estratégicas que promovem crescimento e eficiência. 

Contatando a Adtail, a sua empresa dará o primeiro passo para desbloquear insights valiosos e personalizados, impulsionando suas operações e resultados a novos patamares.

Que tal conversar com a gente e saber mais sobre como podemos usar os dashboards para otimizar as estratégias do seu negócio? Estamos à sua disposição!

Referências:

(1) GRUS, Joel. Data Science do zero. Rio de Janeiro: Alta Books, 2016.

Posts recentes

Nosso blog tem conteúdos semanais feitos por especialistas

Torne seu marketing digital mais estratégico

Agende uma conversa e receba o contato da nossa equipe. Temos um time de especialistas em desenvolver soluções e entregar resultados.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.